5 de out de 2014

Tu


Há em ti o acolhimento que desejo para a vida
O calor e o teto para o descanso
Todo o volume deste amor para a sobrevivência
Alimento armazenado para os nossos dias
Famintos, depois de tanta espera
Felicidade :
Sequer sofro
Sinto tua falta com alegria
 
 
 
 
Neusa Doretto

 

 

 

17 de set de 2014

imprevisto


Conto com o desalinho.Espero o vendaval. Nada é parado; pode estar lento e parece arrumado

Neusa Doretto

13 de set de 2014

A coisa

Cada dia é uma coisa. Cada dia você quer uma coisa. Faz uma coisa.
Compra uma coisa ou come uma coisa diferente.
Sente tantas coisas.
E por mais que faça coisas e coisas, ainda faltam mil coisas. -
Quer saber de uma coisa ?

A coisa é boa



Neusa Doretto

18 de jun de 2014

" felicidade "

[imagem agnieszka kurant & aleksandra wasilkowska]



















Estou nas nuvens.
- Pega o mundo pra mim ? 

Caiu lá embaixo.






Neusa Doretto



















[imagem agnieszka kurant & aleksandra wasilkowska]


20 de mai de 2014

GINOFÁGICO

GINOFÁGICO

Um poema me consome
e se guarda enorme de gordo
no prazer comigo.
Fico tentada a mudá-lo,
Fazê-lo sofrer para ser
Melhor e talvez perfeito.
Mas como não sou megera
Nem tão leve e digerível,
Fico nele palavra negra
Em fundo branco infinito.

Chris Ritchie ©

12 de mai de 2014

" pele "






















Sonho igual e não menos
por enquanto
o que temos 
é o desejo
sem pudor
porque tem hora que nem se quer amor

Neusa Doretto

6 de mai de 2014

Desapego



DESAPEGO

Drop a dor,
Adore com ardor
E let go.
Comemore
Every hour,
Rod e rode,
Ore, chore
Por amor.
E se der, dear,
Se desarme
Ante o
Arrebatador.

Chris Ritchie

23 de mar de 2014

" inscrição "



A paixão não doeu
Essa foi pena
pousando baixo numa poça

Eu
que era lago

Tudo 
que era vela.

Neusa Doretto