29 de jul de 2009

viúva negra

para cada boca
que me sorve
sirvo o mesmo veneno

vario
conforme o beijo
a dose de ar
cênico


valéria tarelho
* do livro Sol a Cio

conversa curta e boa


[Valéria Tarelho] [vtarelho@gmail.com] [http://valeriatarelho.blogspot.com]
Neusa, obrigada pelo convite, que aceito com o maior prazer! Encaminhe os detalhes por e-mail (frequência das postagens, etc...), ok? Me encantei com seu poder de síntese, estou adicionando o link nos meus elos. beijo!

6 mls

a palavra condensada
e cremosa
poesia sem volume
para os olhos de quem passa amargo
e quer um doce


pode lamber se quiser



Neusa Doretto


Recolho as velas cansadas e ancoro,

tempo de marulhar...

28 de jul de 2009

Erótico

A língua quente entre as tuas pernas
não é sede
não é fome
A língua quente entre as tuas pernas é músculo que lambe e entra
um amor que te experimenta
experimenta
experimenta
xperienta
perienta
erienta
rienta
ienta
enta
nta
ta


neusadoretto

Subtraída

Copo de mágoa

desagua

em jato

à esmo

Chora

traída

mesmo.

Neusa Doretto

27 de jul de 2009













Vou para lá como quem viaja o mundo

Com a satisfação infinita


do amor a bordo.




Neusa Doretto