5 de out de 2014

Tu


Há em ti o acolhimento que desejo para a vida
O calor e o teto para o descanso
Todo o volume deste amor para a sobrevivência
Alimento armazenado para os nossos dias
Famintos, depois de tanta espera
Felicidade :
Sequer sofro
Sinto tua falta com alegria
 
 
 
 
Neusa Doretto

 

 

 

17 de set de 2014

imprevisto


Conto com o desalinho.Espero o vendaval. Nada é parado; pode estar lento e parece arrumado

Neusa Doretto

13 de set de 2014

A coisa

Cada dia é uma coisa. Cada dia você quer uma coisa. Faz uma coisa.
Compra uma coisa ou come uma coisa diferente.
Sente tantas coisas.
E por mais que faça coisas e coisas, ainda faltam mil coisas. -
Quer saber de uma coisa ?

A coisa é boa



Neusa Doretto

18 de jun de 2014

" felicidade "

[imagem agnieszka kurant & aleksandra wasilkowska]



















Estou nas nuvens.
- Pega o mundo pra mim ? 

Caiu lá embaixo.






Neusa Doretto



















[imagem agnieszka kurant & aleksandra wasilkowska]


20 de mai de 2014

GINOFÁGICO

GINOFÁGICO

Um poema me consome
e se guarda enorme de gordo
no prazer comigo.
Fico tentada a mudá-lo,
Fazê-lo sofrer para ser
Melhor e talvez perfeito.
Mas como não sou megera
Nem tão leve e digerível,
Fico nele palavra negra
Em fundo branco infinito.

Chris Ritchie ©

12 de mai de 2014

" pele "






















Sonho igual e não menos
por enquanto
o que temos 
é o desejo
sem pudor
porque tem hora que nem se quer amor

Neusa Doretto

6 de mai de 2014

Desapego



DESAPEGO

Drop a dor,
Adore com ardor
E let go.
Comemore
Every hour,
Rod e rode,
Ore, chore
Por amor.
E se der, dear,
Se desarme
Ante o
Arrebatador.

Chris Ritchie

23 de mar de 2014

" inscrição "



A paixão não doeu
Essa foi pena
pousando baixo numa poça

Eu
que era lago

Tudo 
que era vela.

Neusa Doretto

16 de jan de 2014

Assim



Que dispare. Tire do eixo.
Também me pegue.
Também me estrague. Eu deixo.



NeusaDoretto

6 de jan de 2014