29 de nov de 2009



O AMOR



O amor

tem um anjo guardião

cego de um olho

que sussurra quente

em minha nuca

se contorce

fala uma língua desconhecida

lambe ( me lambe)

e sempre volta...

21 de nov de 2009

Valente












Gosto do amor que abre e sabe    
Que incendeia
Do amor valente (bem mais que a gente)
De asas flechas e flores
Sexo quartos e corredores
Amor que repete amo amo amo
(e sendo pouco)
é pra sempre sempre sempre
Gosto do assalto
Mãos ao alto
me dê seu coração
dá ou morre
sim ou não?


Neusa Doretto
(para as amigas felizes,bah!)

15 de nov de 2009



Tenho fantasia
grudada
na
alma
puxando
melando 
por onde ando____________






Neusa Doretto

9 de nov de 2009

Náufrago





Toda vez que um amor acaba
O coração bóia na água parada

Roxo
frio


Em alto-nada.







NDoretto

2 de nov de 2009

no balanço
da cadeira
o tempo
no compasso
vai além
do movimento
:
nada
denuncia o sortilégio
apenas o descompasso
da espera
sidnei olivio