23 de set de 2009

Tentação



Teresa não-me-toques
torce o terço
tanto tato, tanto tino,
tanta trava...

ô tristeza!

tire o atraso, Tetê
tempo é tudo
destempere, atreva,
tropece

Se toque.

11 comentários:

NDORETTO disse...

Adorei,Maria Paula, adorei!!!

bjs
Neusa

NDORETTO disse...

Muito gostoso o som dos " ttttttttsssss",falar o som é uma delícia!

BAR DO BARDO disse...

... os ttt hão de ser...

La Vanu disse...

Me encantó...posso pendurar no meu varal?

Dom disse...

Ótimo conselho...rs
texto divertido e repleto de múltiplos sentidos. Muito bom!

sidnei olívio disse...

Gosto muito dessas aliterações bem feitas. Beijo.

NDORETTO disse...

A poesia boa,curta e bem trabalhada é lida,relida. Os novos seguidores que o digam!

Beijo,Maria Paula

Lídia disse...

Neusa, gracias pela visita. Gostei daqui: vou começar a namorar teu blog.

Abraços da L.

Renata de Aragão Lopes disse...

Aliteração suave.
Que lindo!

Um beijo,
doce de lira

Mara faturi disse...

ôoo trem bão essa menina;)
adoro tuas aliterações e "aprontações", rsrs,
grande bjo!

Marcia Carneiro disse...

ô letra farta essa... Amei.