24 de fev de 2010


Cansei desse inverno.
Tirei meu sol do armário
E saí por aí
Fazendo inveja a cada flor
Com esse perfume doce
Que resolvi assumir.
E ao invés da espera
Sou primavera entre as borboletas.



Moni.

Imagem do blog: www.365jackpots.wordpress.com

13 comentários:

A Moni. disse...

Queria agradecer à Neusa pelo convite!
É uma honra poder compartilhar da poesia com vocês!

Um abraço a tod@s!

Paulo Rogério disse...

Oxalá toda estreia fosse com uma chuva de primavera assim!
Lindo, Moni!

Daniela Filipini disse...

Muito bonito!

Marcia Carneiro disse...

Que maravilha esse perfume, teus canteiros cheios de cheiro bom ! Não importa o mês da estação, diria o anjo perfumado, esperando o próximo trem... Poema lindo Moni !! Bj amada !!!

Myrela disse...

Já início em grande estilo...ou com teu estilo!

Renata de Aragão Lopes disse...

Moni,

que delícia encontrá-la por aqui! : )

Você é, sim,
"primavera entre as borboletas"!

Um abração, querida!

valéria tarelho disse...

Bem-vinda! Bela estreia!!!
Você chegando e eu voltando das "férias" :)

Talita Prates disse...

Lindo, Moni!

Bom te ver por aqui tb!

Um bjo,

Talita
História da minha alma

A Moni. disse...

Daniela e Valéria, prazer imenso em conhecê-las!

Às queridas, já conhecidas, Talita, Renata, My, Marcia e querido Paulo, muito obrigada!

Beijos a tod@s!

Mara faturi disse...

Vc é borboleta ...
"Dinda" sua poesia flana em meu dia!!
Bem-vinda, mesmo, mesmo!!!!!
Grande bjo;)

Í.ta** disse...

ficou lindo este poema em oito versos.

parabéns, moni,
pelas oportunidades que lhe surgem.

grande abraço!

Carol Freitas disse...

Como assim eu não tinha lido isso ainda??

Esse é o estilo de poema que cabe direitinho na minha 'Tigela'!

Lindo, Moni!

Beijo!

le maria disse...

MARAVILHOSO!!!!