3 de abr de 2010

Merlot



Nem seco
Nem doce.
Quente
Quem dera
Fosse.

24 comentários:

evandro mezadri disse...

Gosto muito de suas poesias. São curtas, muito profundas e reflexivas, um deleite para nós.
Grande abraço e sucesso!

Canteiro Pessoal disse...

Nossa... amei a imagem! Prefiro o suave.

Abraços!

Priscila Cáliga

Diu Mota disse...

Adorei a rapidez dos versos...
Abraço para toda equipe.
inté

Fouad Talal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fouad Talal disse...

Nem vinho
Nem vou.
Fico
Por isso
Estou.

Carol Freitas disse...

O doce ;)

Robson Ribeiro disse...

Gostei muito.
Parabéns!

Mara faturi disse...

AHH!!Moni, vc é tão doce!
Bjo Dinda!

Renata de Aragão Lopes disse...

Alcóolico, pelo menos! : )

Adorei, querida!

Um beijo,
doce de lira

sidnei olívio disse...

Vinho e carinho. Um beijinho pra vc.

Roselaine Funari disse...

Moni,

li num gole

adorei a degustação.

;)

Í.ta** disse...

amei, moni!

beijo.

Grupo Cero VersoB disse...

Muito lindo, blog, parabéns,
com poesia tudo vale!!!

um abraço,
com carinho
na poesia

Flá Perez (BláBlá) disse...

que legal!

ingridmartins disse...

Adorei, fico bem interessante!

Marcia Carneiro disse...

O que essa alma diz "quem dera"... já é!!!! Lindo demais Moni.

susannah disse...

Muito irônico! Poesia é desejo exposto em máximo grau! Bjs!

susannah disse...

Merlot: não é de vinho que se fala aqui... Adorei a sutileza!

Wilson Torres Nanini disse...

Deu um ar de sofisticado relento. Gostei muito da sutileza com que o tema foi tratado.

Abraço!

Lídia Borges disse...

Eficaz!
Gosto do espaço deixado à imaginação.

Um beijo

Myrela disse...

Vinho quente...me deu até um Quentão!!!

Anônimo disse...

Ironia embriagante. Muito bom!

Henrique

J. Sollo disse...

Oi vim agradecer e devolver o carinho. Amei esse estilo no qual a poesia se completa na mente do leitor, leva a pensar profundamente. Abraço amiga.

NDORETTO disse...

Ameeiiiiiiiiiiiiiiii!!!! Esse vai entrar pro Roteiro!!!!
beijo!