14 de jan de 2011

ficar com certeza maluco beleza



pouco importa
se amor é porto
ou precipício
       
amar é parto 
de certo risco
inferno dentro
do paraíso

fomos feitos
para isso
:
um pé no spa
outro no hospício


valéria tarelho


*imagem daqui

10 comentários:

Kiro Menezes disse...

Nossa...! Fascinante...

Gisa Carvalho disse...

E como tem doído o ato de amar...

NDORETTO disse...

Tarelho, adoro esse poema!!! Perfeito!!!

Folhetim Cultural disse...

Olá bom dia acompanhe o futebol portuguêm e o brasileiro e também noticiário cultural no meu blog Folhetim Cultural

informativofolhetimcultural.blogspot.com

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

NDORETTO disse...

Estou amando o Livro da Tribo,Tarelho.
Sua poesia é onça dentro dele.
Bjs,Neusa

Maria Rita disse...

Somo feitos de viver e de morrer...e quanto a este seu post...ahhhh...perfeito!

Beijos pra Ti

Leidy disse...

Olá, adorei esse post.
De certo... fomos feitos mesmo para isso?

Mara faturi disse...

Pahhhhhhh, queri!!!
Certeiro e magnífico este teu poema;))
a d o r e i!!!
"um pé no spa, outro no hospício"...PERFEITO E ENLOUQUECEDOR;CUPIDO VESTIDO DE CAMISA-DE-FORÇA!!!
;))
BJOS!

Edu disse...

kkkkk

Muito bom!!

Flá Perez (BláBlá) disse...

hahahahahahahahahahahahhahahaha