21 de jun de 2011

(re) composição



É a ordem:
Recompor os excessos,

Vestir o traje das faltas.
Tudo medido, controlado,
Ver o ritmo retomado.
Sabe o que é perder a classe?
É deixar de ser sujeito
E vir compor o predicado.

Imagem retirada daqui.

10 comentários:

Eduardo Trindade disse...

Há quem entenda muito de humanidade e pouco de gramática; já eu tenho medo de entender mais de gramática que de humanidade.

RICARDO disse...

Moni

Uma escritora cheia de "predicados" num "sujeito" talento!

Zélia disse...

Eu diria que "deixar de ser sujeito é até um pecado. kkkkk Gostei! ;)

NDORETTO disse...

Muito
Muito Bom!
Deu prazer ler
Imagem e poemas fortíssimos.Lindos.


:)
:)
bjs,Neusa

NDORETTO disse...

___________ Adoro sua pontualidade,Moni.___________:) :)

Sampaio disse...

A vida é como uma viagem de barco, subindo e descendo conforme o balanço das ondas. Graças aos amigos, não se perde o horizonte. E quando se naufraga, a amizade é a âncora que te apoia enquanto buscas um novo rumo.

Renata de Aragão Lopes disse...

Bravo, Moni!
Adoro como expõe sua criatividade!

Um beijo,


http://docedelira.blogspot.com

Carol Freitas disse...

Eu adoro o breve que nasce das suas palavras.

Sou fã. Só digo isso.

le maria disse...

Lindo,não devemos nos despencar diante a nossas faltas e sermos sujeitos ,assumindo nossos erros.

NDORETTO disse...

Campanha para o Comentário:


" Comente o que leu
Valeu, faz de conta que é seu"

Beijo\O/
Curta-Metragem