16 de mar de 2010

camisa de força


imagem : art.com


quero a [to]tal liberdade
de não ter escolha

simplesmente aceitar
o doido amor
que a vida doa

ficar com ar de boba
amar à solta
e me amarrar


valéria tarelho

8 comentários:

Mara faturi disse...

Amei..."me amarrei" querida;)
Grande bjo!

*vou viajar amanhã; uma semana de férias...mas vou tentar entrar aqui par ler os amigos e saber da Neusa;)

valéria tarelho disse...

"liberdade na vida
é ter um amor
para se prender"
[carpinejar]

ê doideira..rsss

boa viagem, aproveita a semaninha por quem vai ficar no tronco levando chibatadas :)

beijo!!

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Leveza, beleza e uma bela imagem pra acompanhar... ;)

Renata de Aragão Lopes disse...

Amor é isso...

Marcia Carneiro disse...

Adoro essa loucura sã do amor que tu conta!! Belo poema e imagem !!!!

evandro mezadri disse...

Muito belas as suas poesias, são curtas e com grande intensidade.
Abraço e sucesso!

Anônimo disse...

Caminho da forca!

valéria tarelho disse...

grata pelos comments, pessoas!

aqui no curta, o menos é mais :))

beijos!!