30 de jan de 2012

segunda-feira











a razão do trabalho
é o repouso: grita
enfaticamente
o fantasma de Aristóteles
aos seus ouvidos filosóficos

mas a realidade
se sobrepõe à teoria
: o relógio interrompe
a máxima
do seu sonho moribundo

(salta de susto
da cama
recobrando a vida batida)

2 comentários:

NDORETTO disse...

...E salve a nossa matéria pelo trabalho alimentada!!!
Bendita rotina
que nos mantém vivo....eheheh

Mara faturi disse...

Bárbaro Sid!!
Bjos