1 de nov de 2010

zênite


Google imagens

lembrar-te
é uma conc-
reta arte

[est-
ética
à parte]

amei-te
abstrata-
mente
[es-
tática]

na tênue


v
e
r
t
i
c
a
l
m
a

do horizontem


valéria tarelho

13 comentários:

NDORETTO disse...

" Lembrar-te é uma concreta arte.Estética á parte. Amei-te abstratamente estática".________
POEMA ENCANTADOR
PERFEITO
ATINGIU EM CHEIO____________

bjs,
Neusa

Lídia Borges disse...

Criativo, melódico e... doce!


L.B.

Edu disse...

Adoro essas brincadeiras com palavras!!

Ficou mto bom! Será que a tática funcionou?!
heh

Bejo

Rodrigo Passos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Passos disse...

lindos versos!

Guilherme Sakuma disse...

doce, lírico e genial...

Christiano Scheiner disse...

adorei, primeira vez que vejo um poema assim, e com os recursos próprios da virtualidade, fico feliz! parabéns! ;)

Mara faturi disse...

Ahhh, que poema mais "dançante";))
AMEIIIIIIIIIII!!!!
vertical e horizontalmente!
bjos

Guilherme Sakuma disse...

ei, em parceria com outros caras, escrevo no blog: totolunatico.blogspot.com - se der, me segue nesse também; e a gente te segue por lá. Abraço!

Moni. disse...

Deixaste as palavras reféns da tua poesia, Valéria!
Lindo, amplo, ampara todos os sentidos...

Amei!

fouad talal disse...

maravelha valíria...

abreijos

Eu, ΞĐU disse...

Olá, Moni...
Navegando pela internet, achei este seu espaço...
Olha, muito bom o seu blog, suas idéias, sensibilidade e seu bom gosto...
Parabéns pelo trabalho! Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

Flá Perez (BláBlá) disse...

ADOREI!

ensina pra "nóis" esse jeitinho de colocar imagem se mexendo!
A Val é net-nerd (no ótimo sentido!)

bjbjbj