6 de ago de 2009


DECEPÇÃO





O QUE DANÇA EM MINHA LEMBRANÇA

É A TUA IMAGEM DE PEDRA

QUE A CORRENTEZA DEIXOU POR UM FIO.

4 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Excelente, Mara!
Beijão,
doce de lira

NDORETTO disse...

poema-pedra que afunda o gato da traição.

Bom, muito bom.
NDORETTO

Maria Paula Alvim disse...

ótimo, Mara
e a gente nunca esquece. Bjs

valéria tarelho disse...

como diria seu Ladir ...poema mara!