16 de mar de 2012

COISA DE LOUCO



Embora não mereças,

te guardo com cuidado

em um bolsinho da blusa

bem junto ao meu peito.

E quando o divido

com o bilhete do metrô

ou um pequeno troco

te movo para mais perto

e meu coração faz festa,

dispara fogo de artifício

porque pensa que é hora

de enfim te pôr para fora

e me tirar do hospício.

Um comentário:

NDORETTO disse...

Adorei!!!!!!
Poema e foto divertidos, leves!!!
(((( aplausos ))))))

Beijos
Neusa