13 de mar de 2012

METAMORFOSE



Pois então
Eis que estou
Este algo que sou
Em tua crença
Encontro-me
E na palavra
Renasço
Do aço –
E atravessas
Meu peito

di   la   ce   ra   do.


3 comentários:

NDORETTO disse...

Realmente: acreditamos que o outro seja. Mas que não di la ce re.

Classudo, hermético...eheheh

Mariela Mei disse...

;)

Mara faturi disse...

Atravessou bem;))
Gostei imenso...
bjo