21 de mar de 2012

Dela


A abandonada
Um dia abandona
E do nada
Vira dona
De si
Nega os medos
(e se entrega aos dedos
escorrendo
líquida
E certa
por
ela
aberta)




5 comentários:

chris ritchie disse...

Super sexy!!! Com bela sacada!
As palavras são maravilhosas!
xxChris

Mariela Mei disse...

Adorei! Toda mulher tem que virar dona de si um dia... rs
;)

Mara faturi disse...

Ahhh!! sister, vc sabe o qto eu gosto deste poema ( voto nele de novo, rsrsrs)
Grande bjo!!

Milene Maria disse...

Bonito texto que me fez lembrar o seguinte:

"Foi só quando você me deixou que eu me toquei...
Começava na minha cama e
terminava na sua"

Abraços,

Larissa Bello disse...

Esse é um importante passo para se abrir a algo novo. Adorei o texto e a forma.

Bjo