3 de abr de 2012

serengueti





Apago os rastros, pra te dar mais trabalho.
Eu corro agridoce e  indócil 
(é que não gosto das coisas muito fáceis).

Eu admiro as feras que comem as presas 
que ainda respiram 
e se contorcem.

3 comentários:

Brunna disse...

Feroz!

Mara faturi disse...

Deveras...
;))
Bjo!

chris ritchie disse...

Ah, mas elas não pensam maldade...
xx