27 de out de 2011

lugar outro

inspirado nisto.

a cidade também não mora mais em mim,
chico.
tenho lugar para outros lugares -
e aquele caminho de antes
ficou para saudade.

abri espaço para o novo, sabe?
(por mais que ele assuste
e dele primeiro queiramos a fuga.
tolos que somos, não é mesmo?)

fechamo-nos para o mundo
e ainda jogamos nele a culpa,
quando só o que nos falta
é coragem
de ir embora.

abrir mão é foda, chico.

são novas as paragens.
venha-me visitar.

ítalo.

3 comentários:

Kiro Menezes disse...

Lindo. Muito lindo... Publiquei no meu face, espero que não se importe!!!

NDORETTO disse...

Abrir mão é foda?
Ah, né não.....

(Poema pra cima, gostei!)

NDORETTO disse...

GOSTEI FOI DISSO:

fechamo-nos para o mundo
e ainda jogamos nele a culpa,
quando só o que nos falta
é coragem
de ir embora.

verdadona!