10 de out de 2011

horizonte


via Google imagens


todo mundo
tem um ontem
tem um ente

um outono
um instante

um só poente

para lembrar
ou enterrar


valéria tarelho

6 comentários:

valéria tarelho disse...

Ótima semana, people!

sidnei olivio disse...

Pra vc tb, querida, belo poema. Beijo.

Rosangela disse...

:-/

NDORETTO disse...

Tarelho

Sua poesia está em todo mundo.
Comove.

Lindo, comadre!

douglas D. disse...

há tantos de mim
enterrados sob o poente
distantes do outono
porque primavera
serão.

Paulodaluzmoreira disse...

Bonito poema.